CONHEÇA
O VLT


Veículo Leve sobre Trilhos

Você sabe o que é um VLT?

A sigla VLT significa Veículo Leve sobre Trilhos. É um sistema de transporte que está entre o metrô e o ônibus convencional, ou seja, é capaz de transportar um número maior de passageiros do que no sistema rodoviário, mas tem velocidade reduzida se comparado ao metrô. Movido a diesel, o VLT é ideal para circular em áreas adensadas, gerando menos impactos do que o metrô, que exige mais desapropriações para trafegar.

VLT Ramal Parangaba - Mucuripe

É um projeto realizado pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Infraestrutura – SEINFRA, para a implantação de um sistema de transporte de passageiros sobre trilhos.

O projeto prevê 13,2 quilômetros (1,4 km em elevado) de extensão com 10 estações, 12 pontes e 3 passarelas, além da urbanização de inúmeras áreas de 22 bairros da capital cearense, e se integra ao sistema de ônibus da Prefeitura de Fortaleza e às linhas Sul e (futura) Leste do metrô de Fortaleza.

Por onde vai passar?

O Ramal do VLT Parangaba-Mucuripe vai aproveitar o traçado da via utilizada atualmente para o transporte de cargas. Haverá a remodelação da linha e implantação de via dupla para o transporte de passageiros.

O Ramal atende 22 bairros numa área que concentra mais de 500 mil moradores de Fortaleza. São eles: Parangaba, Itaperi, Serrinha, Itaoca, Aeroporto, Vila União, Montese, Parreão, São João do Tauape, Alto da Balança, Fátima, Joaquim Távora, Dionísio Torres, Salinas Aldeota, Cocó, Papicu, Varjota, Vicente Pinzon, Mucuripe e Cais do Porto.

O Ramal terá quantas estações?

Ao todo, são dez estações:

Parangaba
Montese
Vila União
Borges de Melo
São João do Tauape
Pontes Vieira
Antônio Sales
Papicu
Mucuripe
Iate

O projeto prevê a construção de três tipologias de estação. A de Parangaba será elevada, possibilitando a total integração à Linha Sul do Metrô de Fortaleza e ao terminal rodoviário do bairro. A estação Papicu também será diferenciada e se integrará à Linha Leste do Metrô e o terminal rodoviário. As oito estações restantes terão a modelagem padronizada.

Quantos passageiros serão transportados?

A previsão de demanda potencial do modal é de 90.000 passageiros por dia.

Haverá integração com outros modais de transporte?

Sim. A estação da Parangaba será elevada e possibilitará a total integração à Linha Sul do Metrô de Fortaleza e ao terminal rodoviário do bairro. Já a estação Papicu se integrará à Linha Leste do Metrô e ao terminal rodoviário.

Integração

A estação elevada da Parangaba possibilitará a integração com a Linha Sul do Metrô de Fortaleza e com o terminal rodoviário do bairro. Já a estação Papicu se integrará à Linha Leste do Metrô e ao terminal rodoviário.

Obras

O VLT já está operando de forma assistida, com transporte de passageiros e sem cobrança de tarifa, da Estação Parangaba à Estação Papicu. No total, o modal percorre cerca de 10,8 km nesse trecho, passando por 8 estações, das dez previstas no projeto. São elas: Parangaba, Montese, Vila União, Borges de Melo, São João do Tauape, Pontes Vieira, Antônio Sales e Papicu. A operação assistida teve o horário ampliado em setembro de 2018, passando a funcionar de 6 da manhã às 13 horas e de 16h40 às 20h, de segunda a sábado.

O restante do trecho, assim como as outras duas estações (Mucuripe e Iate), tem os serviços intensificados.

Atualmente, o VLT apresenta 0% de avanço nas obras.

Benefícios

O ramal Parangaba Mucuripe terá um público de passageiros estimado em aproximadamente 90 mil por dia e atenderá 22 bairros de Fortaleza. VLTs, fabricados pela Bom Sinal Indústria e Comércio, no Cariri cearense, conduzem os passageiros. Movidos a diesel, os VLTs possuem ar-condicionado, sendo mais confortáveis que os antigos trens.